Publicado em: 05/10/21
Quatro pesquisadores da UNIR entre os mais importantes da América Latina


    A Universidade Federal de Rondônia, UNIR, tem quatro de seus professores pesquisadores reconhecidos entre os principais da América Latina pelo AD Scientific Index 2021, um sistema avaliativo independente do desempenho acadêmico. A classificação dos professores automaticamente posiciona a UNIR na 199ª colocação entre as principais universidades latino-americanas, de um total de 453 instituições listadas pelo ranking. Para o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa, Propesq, professor Arthur Moret, “a inclusão da UNIR e dos nossos pesquisadores no levantamento demonstra todo o nosso potencial, pois realizamos pesquisas relevantes mesmo com muito menos recursos que as universidades de regiões mais desenvolvidas”.

    O AD Scientific Index é um sistema avaliativo que lista os dez mil cientistas mais influentes da América Latina e dos países membros do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) com base nas suas publicações científicas, menções e citações em trabalhos acadêmicos. O levantamento é feito com base nos registros do sistema de pontuação do Google Acadêmico (ou Google Scholar) e os índices relacionados aos valores de desempenho e produtividade científica dos pesquisadores nos últimos cinco anos, entre outros parâmetros. Na edição de 2021, o Brasil figura no topo do ranking com 7.656 cientistas do total de 10 mil listados pelo índice, seguido pela Argentina, com 838 pesquisadores, Chile, com 635, e Colômbia, que tem 551 pesquisadores listados.

    Os professores da UNIR presente no índice da AD Scientific Index 2021 foram o professor Adnilson de Almeida Silva, docente nos cursos de graduação e pós-graduação em Geografia e pesquisador nas áreas de geografia, populações tradicionais e indígenas; Wanderlei Rodrigues Bastos, docente no departamento de Biologia e pesquisador nas áreas de biogeoquímica e ecotoxicologia; Juliana Pavan Zuliane, docente no curso de Medicina e nos programas de pós-graduação em Biotecnologia (PPGBioNorte) e em Biologia Experimental (PPGBioExp), que desenvolve pesquisas na área de imunologia; e Leonardo de Azevedo Calderon, docente no departamento de Medicina, no mestrado em Conservação e Uso de Recursos Naturais e no PPGBioExp, com pesquisas em bioquímica, biofísica, proteínas, peptídeos, biodiversidade e bioprospecção.

    Adnilson de Almeida Silva, o primeiro da UNIR no ranking, entende como “relevante a iniciativa, visto que dá visibilidade ao que pesquisadoras e pesquisadores da UNIR tem produzido em termos de pesquisas e de divulgação do conhecimento científico, logo integrar esse índice renova o espírito no sentido de seguir adiante”, além disso, ressalta que o resultado produzidonão é necessariamente individual, pois toda pesquisa tem também grande contribuição de outros pesquisadores.

Já a professora Juliana Pavan afirma ter ficado surpresa com a notícia e extremamente feliz com a sua inclusão no ranking. “Estou há 15 anos em Rondônia formando recursos humanos qualificados e especializados, e essa indicação veio em um momento ímpar para a Ciência, fruto de muito trabalho e pesquisa”, comemora.

    Além da docência nos cursos de graduação, os professores da UNIR destacados pelo ranking também atuam em programas de pós-graduação e em projetos de pesquisa e iniciação científica nas áreas de Geografia, Biologia, Imunologia e Inteligência Artificial. Segundo Arthur Moret, “o nosso diferencial positivo é estarmos muito próximos dos nossos objetos e áreas de estudo. A exemplo dos professores citados no ranking, o Adnilson Silva que pesquisa populações indígenas, o Wanderlei Bastos que investiga contaminação por metais pesados na região amazônica, a Juliana Pavan que estuda imunologia aplicada à saúde e o Leonardo Calderon que trabalha com inteligência artificial. Todos pesquisam e divulgam dados e informações científicas que nos colocam em atuação diferencial em relação ao restante do país”.

    A reitora da UNIR, professora Marcele Pereira também comemorou a presença de pesquisadores da universidade entre os mais importantes da América Latina. De acordo com ela, “os professores e a professora que compõem a lista merecem todo o reconhecimento, e mostram o quanto tem sido feito e o quanto ainda se pode avançar. Os esforços individuais de pesquisa devem ser somados aos esforços institucionais para prover os pesquisadores com cada vez mais condições para produzir conhecimentos. Este é o objetivo da UNIR, pois ainda que agora sejam quatro os citados, nossos professores e pesquisadores produzem muito e com muita qualidade, e certamente muitos passarão a compor esta lista”.  



Fonte: UNIR

Imagens (Clique na imagem para ampliar)
Av. Presidente Dutra, 2965 - Centro
CEP: 76801-974 - Porto Velho - RO
Fone:(69) 2182-2000
Campus - BR 364, Km 9,5
CEP: 76801-059 - Porto Velho - RO
Fone:(69)2182-2100

©CopyRight 2012 - Portal Institucional - Todos os Direitos reservados

http://bun-ca.org/woomen/ http://virtureal.org/woomen/ http://yongfongautogate.com/8/ http://zioliveknox.com/2017/ http://yongfongautogate.com/8martch/ http://lamondialarreda.com/woomen/ http://btiffny.com/woomen/ ttp://byerleyturk.net/pozdr/ http://lightroom-kurs.ru/8/ http://ulysses-baikal.com/woomen/ http://ourbizport.com/stix/ http://thecommonman.org/pozdr/ http://xscapes-stic.com/pozdr/ http://campingaanzee.net/stix/ http://pozdrowie.info/pozdr/index.php http://dapian.info/pozdr/ http://wp.pve.in.ua/pozdr/ http://franklomusic.com/stix/ http://pumperlgsund.com/woomen/ http://castillos-hinchables-malaga.com/8martch/